domingo, 8 de janeiro de 2012

II Congresso de preservação da Memória do Judiciário ocorre em março


Em março de 2012 será realizado o II Congresso Brasileiro dos Arquivos do Poder Judiciário, com o tema: Os desafios da gestão documental e da preservação da memória do Poder Judiciário frente às novas tecnologias da informação. O evento é organizado pelo Tribunal Superior Eleitoral, com apoio do Supremo Tribunal Federal, do Superior Tribunal de Justiça, do Tribunal Superior do Trabalho, do Superior Tribunal Militar, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, do Conselho da Justiça Federal e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho. A previsão é reunir 260 participantes no Congresso que vai acontecer entre 28 e 30 de março, na sede do TSE em Brasília.

O objetivo é qualificar e integrar os gestores e colaboradores da área de gestão da informação do Poder Judiciário e de outros poderes participantes frente às novas tecnologias que interferem na gestão e na preservação dos documentos e da memória institucional.

O TJDFT investe na preservação de seus documentos e processos há quase uma década, tendo inclusive, revolucionado o sistema de arquivos judiciais, com a implantação do Projeto de Modernização de Arquivos Judiciais do Tribunal, em 2006. Pioneiro também, no desenvolvimento da Tabela de Temporalidade, gerida por uma Comissão Permanente de Avaliação Documental - Área Judicial do TJDFT, na época, formada por magistrados e servidores.

Neste II Congresso os inscritos terão a oportunidade de participar das reuniões do Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário (Proname) e do Programa de Gestão Documental da Justiça Eleitoral (PGD/JE), nas quais serão apresentadas e discutidas as estratégias de melhoria para as áreas responsáveis pela informação arquivística.

Durante o congresso serão realizados cursos na área de gestão da informação e reuniões do Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário (Proname). Uma oportunidade de definir estratégias para a melhoria das áreas responsáveis pelo arquivo de informações.

A primeira edição do congresso aconteceu em 2001, em Brasília, e o evento foi um marco na implantação de uma política de gestão de documentos dentro do Poder Judiciário. A expectativa é de que este segundo encontro sirva também para registrar a evolução ocorrida na área.

Fonte: TJDFT
 

Nenhum comentário: